terça-feira, 17 de julho de 2012



Alfabetização e Letramento: Questões sobre Avaliação


Avaliar é um dos maiores desafios atuais da educação brasileira, principalmente no tocante ao processo de alfabetização e letramento. Encontramos muitas barreiras que dificultam a iniciativa de abandonar medidas antigas e pouco produtivas para lançar mão de um método mais includente, voltado para o avanço da criança que está construindo seu saber.
Esse tema foi amplamente discutido em nossos encontros do fascículo 2 e pudemos fazer um apanhado geral da atual situação que se encontra nossas escolas no município de Acreuna, no que diz respeito ao processo de avaliação. Muitas são as dúvidas dos professores. Percebemos que ainda não alcançamos respostas para nosso dia-a-dia a questões como: “O que avaliar?”; “Como avaliar?”. “Quais os critérios que devemos considerar na avaliação?”; “Como avaliar a partir de uma realidade que a criança já traz de casa?”; “Como valorizar sua cultura e seus costumes no processo de avaliação?”.
Através dos relatos ouvidos nas discussões e seminários, percebe-se que a maior parte dos professores ainda trabalha com métodos de avaliação ultrapassados, excludentes e que não valorizam a criança nas suas diversas concepções. Utiliza-se de recursos que apenas separam os alunos em dois grupos: o dos alunos que sabem e o outro dos alunos que não sabem.
Não há uma proposta de avaliação que aponta caminhos para o avanço daquelas crianças que não conseguiram alcançar os objetivos propostos e foram ficando para trás, sem aprender a ler e a escrever. Essas crianças ficam excluídas ao grupo dos que não saber ler, e pronto