domingo, 15 de janeiro de 2012

Analise de um programa de humor.


O programa de humor traz para quem assiste a expectativa de ver situações do cotidiano contadas de forma lúdica, engraçada e com uma dose de inteligência que só alguns humoristas apresentam. Esse tipo de programa deve ser elaborado para aguçar a imaginação de quem assiste utilizando-se de metáforas para aprimorar o texto mostrado.
O programa Zorra Total apresenta personagens caricatos, geralmente imitando políticos, pessoas famosas e minorais sociais, tais como gordos, homossexuais, negros entre outros. Esses personagens sempre retratam o lado menos sociável das pessoas que representam, exagerando nos preconceitos e comportamentos anti-sociais.
Esse tipo de personagem busca a atenção do espectador e quer fazê-lo rir. Para isso utiliza o recurso de explorar as características, físicas ou comportamentais, menos apreciadas pela sociedade. Normalmente o artista investe nos trejeitos homossexuais e suas afetações, nas características marcantes do negro, no comportamento inescrupuloso do político, nas frustrações de pessoas do dia-a-dia que não conseguem atingir seus objetivos.
Normalmente o expectador não percebe que em muitos momentos ele ri de si mesmo, uma vez que ele próprio está inserido no meio social arraigado de preconceitos. A crítica destrutiva está tão inserida no cotidiano desse expectador que ele não percebe que faz chacotas de si mesmo ou de pessoas que ele gosta e convive.

Nenhum comentário:

Postar um comentário